sexta-feira, 13 de julho de 2012

Ambientação: Divindades & Aberrações


Char, O Planeta Solitário
Char é o único planeta do seu sistema solar, isso se deve porque ele é o centro do próprio universo, fazendo com que seu sol o rodeie e não o contrário. Sendo duas vezes maior que a terra não impede de ser superpovoado, sua biodiversidade é imensa e estima-se que os seres catalogados são apenas 40% do total.
Ao norte do planeta se localiza a Terra Sagrada de Andreus um continente considerado sagrado por abrigar Divindades e relíquias, como as Spheres of God.
Ao Sul está Mortilus Land uma terra improdutiva rodeada de vulcões, templos arcanos de arquitetura sombria e governada por Zafar, O Ordinário. Povoada pelas mais bizarras criaturas este continente serve de sede para A Ordem dos Magos Negros, uma organização que se auto intitula como preparatória de Magos Contemporâneos, acredita-se que seus administradores sejam aliados de Zafar.
O maior continente se situa no centro do planeta, Gleanna é repleta de reinos de reis maquiavélicos e metrópoles élficas altamente tecnológicas.
Preenchido por 90% de floresta, a Ilha/Continente é sem dúvida muito misteriosa. Nada se sabe do que pode ter lá, já que todas as expedições de exploração foram fracassadas, jamais alguém retornou de lá com a mente sana para esclarecer as duvidas de todos, além de terem morrido dias após o diagnostico de danos irreversíveis ao cérebro e sem qualquer evidência de agressão.
O menor continente porem não chega a ser pequeno é o Reino Centralizado de Guardian, corresponde a um único reino sobre esse continente governado pela família e doutrina Guardian. Os habitantes do continente são considerados pagãos, pois não fazem culto a deuses nem a forças da natureza, são caracterizados pelo uso constante da cor azul em suas vestes e nas suas construções.


Ler mais sobre:
Terra Sagrada de Andreus
Mortilus Land 

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário